Diabetes: Principais Tratamentos

O diabetes é uma doença muito conhecida, porém ainda assim é extremamente perigosa, pois se não for tratada corretamente pode gerar problemas sérios no futuro, como perda da visão e até mesmo a morte. Por isso é de extrema importância prevenir que ela acontece e em caso de já se ter a doença tratar para que ela fique controlada e não cause maiores danos à saúde. Para saber mais sobre o Diabetes, seus sintomas, causas e o tratamento adequado, continue lendo nosso artigo!

Sintomas

Os principais sintomas do Diabetes são muito fáceis de serem identificados, pois acontecem todos juntos, como a fome excessiva acompanhada de perda de peso, muita sede e vontade frequente de urinar. Caso você tenha esses sintomas todos no mesmo período é bom que procure um médico para fazer um exame. Mas além dos sintomas mais comuns existem outras maneiras de identificar o diabetes como:

  • Infecções como nos rins e bexiga.
  • Infecções de pele que demoram a desaparecer.
  • Feridas que não cicatrizam e sangue que demora a coagular
  • Visão embaçada
  • Formigamento nos pés
  • Furúnculos

Existem ainda alguns fatores de risco para manifestar o Diabetes como sobrepeso, obesidade, histórico familiar, sedentarismo e ter mais de 45 anos, apesar de que pessoas de qualquer idade podem ter diabetes, até mesmo crianças.

Causas

As causas para o Diabetes dependem do tipo da doença que o indivíduo apresenta, uma vez que existe o Diabetes tipo 1, tipo 2 a pré Diabetes e o Diabetes gestacional, e cada uma delas apresentam causas um pouco diferentes, como veremos a seguir.

  • Pré Diabetes

Não é ainda a doença, mas serve como um sinal de alerta para que seja feito um tratamento adequado a fim de evitar o aparecimento da doença no futuro. Acomete pessoas de todas as idades e os sintomas são parecidos com o do Diabetes mesmo, com a diferença de que o tratamento correto evita o aparecimento da doença.

  • Diabetes Tipo 1

Esse é um dos tipos que é identificada mais em crianças, adolescentes, e jovens adultos, pois eles já nascem predispostos à doença e isso tem relação direta com o histórico genético da família. O Diabetes tipo 1 ocorre em cerca de 10% das pessoas que têm a doença.

  • Diabetes tipo 2

Ocorre no geral em pessoas com mais de 45 anos e acontece pela insuficiência do pâncreas em produzir insulina. É o tipo mais comum da doença e pode acometer mais de 90% dos pacientes que são diabéticos.

  • Diabetes Gestacional

A causa desse tipo de doenças são os hormônios mais aflorados durante a gravidez que podem interferir na produção de insulina no corpo. Nesse casa, é necessário acompanhamento médico durante toda a gestação. Mas após o nascimento do bebê, se tiver sido feito o tratamento correto, a mãe não desenvolve a doença.

Tratamentos

O tratamento do Diabetes é simples, porém é algo que deve ser feito ao longo de toda a vida, por isso é preciso seguir corretamente as recomendações do seu médico, para que se tenha uma vida normal.

  • Diabetes tipo 1: O tratamento é feito a partir de injeções diárias de insulina para controlar a açúcar do corpo. Alguns pacientes precisam também de tomar medicamentos de via oral para ajudar a baixar açúcar do sangue. Mas isso varia de pessoa a pessoa.
  • Diabetes Tipo 2: São recomendados medicamentos de via oral, mas também alinhar a mudança de hábitos alimentares e na rotina, pois esse tipo da doença vem acompanhada de sobrepeso ou obesidade, então é preciso tratar também esses problemas.
  • Pré diabetes: Medicamentos de via oral específicos para cada paciente, mudança de hábitos, dieta e exercícios físicos, diminuição no consumo de açúcar e acompanhamento médico regular.
  • Diabetes Gestacional: Dieta específica para gestantes, com acompanhamento do bebê e se necessário medicamento de via oral que visam diminuir a glicose no sangue da mãe.

Se você ainda tiver dúvidas sobre o Diabetes, causas ou tratamento, nos deixe um comentário!

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)

Loading...

Talvez você se interesse por:

Este artigo foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!